logo

Produtividade Industrial: Sensor sem fio facilita o trabalho

14 de agosto de 2020
Produtividade Industrial: Sensor sem fio facilita o trabalho

produtividade industrial está diretamente ligada à eficiência da produção e entre seus requisitos está a disponibilidade das máquinas e equipamentos usados para esse fim.

MÉTODO TRADICIONAL DE MONITORAMENTO DE ATIVOS INDUSTRIAIS

monitoramento tradicional, em grande parte, é a inspeção feita através dos sentidos humanos e da análise de vibração naqueles equipamentos que já mostram sintomas de falhas.

Enquanto os sentidos humanos são um bom coadjuvante, eles não têm a capacidade de gerar evidências e dados comparativos, ao longo do tempo, para a realização de um diagnóstico mais apurado.

análise de vibração, muitas vezes feita pontualmente por equipe própria ou terceirizada, com equipamentos oferecidos pelo mercado, que podem ser relativamente caros e nem sempre disponíveis.

No formato comumente utilizado, a análise de vibração carece de séries históricas coletadas ao longo do tempo. Há limitações em locais de difícil acesso, ou onde o técnico corra riscos para fazer a coleta.

Por segurança, a Norma NR-12 exige que o máquina tenha seu ritmo de operação reduzido ou mesmo paralisado para que a coleta de dados seja feita.

monitoramento por sensores com cabeamento, por outro lado, oferece a vantagem de trazer a informação em tempo real. Talvez as suas vantagens acabem por aí.

É um sistema com custo relativamente elevado, até porque é uma solução que faz uso de centenas de metros de cabos que precisam ser instalados. Quando um cabo desses se rompe, há que se descobrir onde aconteceu para repará-lo.

SEGURANÇA DO TRABALHO E A NORMA NR-12

A Norma Regulamentadora NR-12 e seus anexos definem referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores e, para isso, estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho.

A NR-12 é norma indispensável quanto ao conjunto de procedimentos relacionados ao maquinário ou parque fabril, no que concerne sua instalação, acesso seguro, gestão de riscos ao acionar, operar, manter e desligar esse maquinário industrial.

É referência também para riscos relacionados ao transporte de materiais em transportadores contínuos, ergonomia, etc.

OUTROS RISCOS INDUSTRIAIS ABORDADOS PELA NR-12

  • Vazamento ou derrame de óleo, elemento escorregadio;
  • Vazamento de gases tóxicos, que podem ser inalados;
  • Vibrações inoportunas no ambiente de trabalho;
  • Ruído excessivo, e perturbação auditiva;
  • Geração de calor;
  • Poeira, fuligem;
  • Substâncias que reagem perigosamente, como combustíveis, inflamáveis, explosivos;
  • Superfícies aquecidas, com risco de queimaduras.

O desafio de realizar a manutenção corretiva ou mesmo proativa, minimizando a exposição a riscos das pessoas e dos equipamentos, requer planejamento, procedimentos claros que sigam a NR-12, muito treinamento e acompanhamento contínuo.

MANUTENÇÃO PREVENTIVA PROGRAMADA NA INDÚSTRIA

Da experiência da engenharia do setor, a manutenção preventiva programada na indústria, mesmo seguindo as boas práticas e orientação do fabricante do maquinário, muitas vezes resulta em troca prematura de peças, ou então tardia, o que é ainda pior.

A antecipação, entretanto, acarreta consumo desnecessário de peças de reposição e custo de horas da equipe de manutenção, horas que poderiam estar disponíveis para atividades de maior valor agregado.

FAÇA UM FILME, NÃO SE LIMITE A UMA FOTO!

Uma solução de monitoramento contínuo, que estabeleça a leitura de pontos ou de um conjunto de pontos de um maquinário, com dispositivos providos de sensores, é parte da tecnologia da indústria 4.0 e está em uso crescente também no Brasil.

O monitoramento contínuo gera um filme e não mais uma fotografia da condição momentânea do equipamento industrial.

Um data logger, sem fio, capaz de monitorar parâmetros de vibração em três eixos (radial, axial e horizontal), da temperatura e, ainda realizar a análise espectral, dessa forma pode ser visto como uma valiosa ferramenta no cumprimento da NR-12.

Isso porque o maquinário, além de ser monitorado durante intervalos e parâmetros pré-definidos, poderá seguir executando suas funções usuais de produção.

E mais, a coleta de dados dos parâmetros monitorados continuamente é gerenciada por um dispositivo bluetooth, o que pode ser feito a vários metros de distância.

E o filme continua na indústria! O registro e coleta contínua de dados geram “prontuários” das condições dos equipamentos monitorados. O sistema pode ser acessado à distância pela web, na forma de relatórios de inteligência ou mesmo por um diagnóstico prévio industrial.

Conheça o DynaPredict, que traz esses benefícios no trabalho de manutenção com maior produtividade e segurança para os colaboradores na sua indústria.


Somos excelência no que fazemos

  • isso-27001
  • gptw

Ficou com dúvida? Nós entramos em contato com você