Modelo de Gestão

Gestão de Resíduos

A DYNAMOX, em seus processos, não gera resíduos líquidos. Sua produção é de alta tecnologia e os mínimos insumos líquidos são voláteis, não restando acúmulos possíveis de serem coletados.

Nosso Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, está estruturado em procedimentos e obrigações acessórias. A segregação e coleta é realizada individualmente e a cada lote de produção, os resíduos são segregados e identificados, colocados em pequenos recipientes com etiquetas orientadas pelo CONAMA.

Os resíduos maiores são selecionados para reciclagem e colhidos diariamente por programa do prédio, o próprio CELTA se responsabiliza pelo encaminhamento, a ser realizado pelo serviço público.

Os resíduos de encapsulamento (resina epóxi), que não devem ser expostos a água, são coletados, aglomerados e uma coletora especializada, anteriormente qualificada, os retira de forma legal, periódica e mediante contrato.

A empresa dispõe de uma planta de geração de resíduos por atividade, de forma que a percepção desta geração pode ser gráfica e imediata. Todo processo é classificado internamente como um “Ponto Crítico de Controle”, e assim tarjado em alerta aos operadores.

Todo plano de gerenciamento de resíduos está desenvolvido por atividade, por local, por natureza, respeitando as classificações orientadas na Norma ABNT NBR ISO 10.004 2004 Resíduos Sólidos – Classificação, as resoluções CONAMA aplicáveis e demais legislação nacional existente e em vigor.

Todos os colaboradores envolvidos são treinados prioritariamente nestas questões.

O planeta é único, ele é nosso lar. Ajude a preservar!

Versão Original, 27 de fevereiro de 2019