Análise de vibração melhora a qualidade da produção?

13 de agosto de 2020
Análise de vibração melhora a qualidade da produção?

IDENTIFICAR A CAPACIDADE DESTRUTIVA DA VIBRAÇÃO DA MÁQUINA MONITORADA É FUNÇÃO DA ANÁLISE DE VIBRAÇÃO.

A indústria, um setor produtivo imensamente importante na economia, ao passo que cresce financeiramente, deve crescer também em métodos produtivos, seja expandindo seu local físico ou adquirindo equipamentos mais modernos.

A manutenção do maquinário industrial é dispendiosa e requer muitos cuidados para que o ativo apresenta a confiabilidade necessária para atender a demanda da produção.

Para tanto, o aconselhamento geral é que a manutenção seja um procedimento constante que vise indicar o risco de mau funcionamento da máquina, com o objetivo de evitar uma pausa produtiva com consequências não antecipadas.

A manutenção preditiva é um exemplo de manutenção econômica. Ela capta defeitos aparentes e defeitos ainda não observados a olho nu.

Trata-se de uma manutenção feita a partir da análise de dados coletados sobre o funcionamento da máquina como a vibração e o aquecimento decorrente daquela, por exemplo.

Através da Análise de Vibrações é possível identificar defeitos em peças da máquina e reverter um possível quadro crítico.

O QUE É ANÁLISE DE VIBRAÇÃO?

A Análise de Vibração é um método processual de análise do desempenho de peças móveis inseridas em uma máquina. A análise ocorre dentro da amplitude da taxa de variação de forças dinâmicas que são geradas continuamente.

Estas mesmas forças afetam o nível vibracional característico de cada componente (eletrônico ou mecânico). Assim sendo, com a coleta desses dados é possível verificar anomalias mesmo não visíveis em uma primeira análise e, ao mesmo tempo sem interromper a utilização da máquina.

COMO PODE SER MEDIDA?

Cada componente tem peculiaridades diferentes, cada peça comporta-se com frequências vibracionais diferentes. Apesar disso, cada componente da máquina tem uma amplitude de frequência contínua, caso esta amplitude esteja em divergência, é encontrada uma falha mecânica que poderá ser grave ou não.

medição de vibrações pode ser feita através de três unidades: velocidade, deslocamento e aceleração.

Dentro da análise de medidas, é possível avaliá-la de pico a pico, apenas picos, média retificada ou por RMS (Root Medium Square, em português Raiz Média Quadrada).

Dentre os métodos possíveis a serem utilizados, o RMS se destaca por levar em consideração o histórico no tempo da onda e gera um valor de nível que é diretamente ligado à energia contida na peça analisada, em outras palavras, é possível obter uma análise da capacidade destrutiva da vibração.

Os custos de manutenção, dependendo da indústria, podem chegar a até 30% do custo de produção.

Pausas não necessárias revelam fragilidade na obtenção de informações sobre a saúde da máquina, gerando gastos produtivos, de mão de obra, equipamento, materiais e, algumas vezes, troca de peças ainda em bom estado mas que foram erroneamente detectadas com defeito.

Todo o custo relacionado à manutenção pode ser reduzido e, muitas vezes, até evitado se a condição da máquina ou equipamento for monitorada com base em dados reais que determinem a necessidade de pausa para troca ou manutenção de peças ou componentes no maquinário.

Portanto, a Análise de Vibração é um mecanismo de máxima eficiência quanto à realização de manutenção.

A ocorrência de amplitudes irregulares dentro de uma frequência contínua solidifica a decisão custosa de paralisação de máquinas e do setor produtivo. Assim, há uma considerável economia nos gastos de produção e manutenção.

Conheça a solução DynaPredict, que tem como base o uso de sensores sem fio que monitoram a vibração das máquinas, gerando dados que podem ser analisados para identificação de falhas, para ajudar na manutenção preditiva.


Canais de Comunicação


DynaPredict
Empresa
Conteúdo
Suporte
Unidades
icon

icon
icon
icon
icon
icon

@ Dynamox.

Todos os Direitos Reservados.

ISO
Great Place To Work

@ Dynamox.

Todos os Direitos Reservados.