SUPORTE DYNAPREDICT

Manuais

Primeiros passos

Saiba como instalar o data logger.

App

Descubra como configurar o data logger e coletar dados de medições.

Web

Saiba como visualizar dados históricos de medições.

Perguntas frequentes

Primeiros passos (9)

Entre em contato conosco via e-mail (support@dynamox.net) ou via telefone (+55 48 3024 – 5858) e nós lhe forneceremos os dados de acesso.

As medidas devem ser tomadas em partes expostas da máquina e deve-se evitar a instalação em regiões da fuselagem que apresentam ressonância localizada. Além disso, deve-se posicionar o dispositivo em uma parte fixa, ou seja, não rotativa. Recomenda-se o posicionamento sobre a carcaça de mancais, sobre caixa de engrenagens e nas extremidades de eixos.

 

Visto que o data logger realiza leituras em três eixos ortogonais entre si, ele pode ser instalado em qualquer direção angular. Entretanto, recomenda-se que um de seus eixos (X, Y, Z) esteja alinhado com a direção do eixo da máquina.

 

Tenha em conta que posicionamentos diferentes geram diferentes medidas. Portanto, caso busque repetição de medidas (indicado para que haja consistência e análise eficaz), posicione o data logger sempre no mesmo lugar.

O data logger pode ser parafusado ou colado. Juntamente com os dispositivos, são enviados parafusos de aço-inox M6, 45 mm.

Recomenda-se fixar e deixar os data loggers sempre na mesma posição, para efeitos de comparação e padrão de medidas, pois diferentes posições resultam em distintas medidas.

Para configurar o data logger e coletar as medidas obtidas por ele, você deve fazer download do aplicativo “DynaPredict” via Google Play Store no seu smartphone ou tablet.

 

Para acessar o histórico de medições coletadas pelo data logger, você deve acessar a página web https://dyp.dynamox.solutions/, não sendo necessário download de nenhum tipo de software.

No aplicativo o usuário poderá cadastrar novas máquinas, atribuir novos data loggers a essas máquinas (pontos de monitoramento), realizar leituras instantâneas de temperatura e velocidade (snapshots), obter análise espectral e gráficos da coleta atual dos dados.

 

Já através da plataforma web será possível acessar histórico de dados de todas as medições já sincronizadas, com gráficos de aceleração, velocidade RMS e temperatura e diversas opções de exibição desses gráficos. Há ainda o DMA, módulo de ajuda à tomada de decisão, que estima quais máquinas estão operando em estado mais crítico.

O aplicativo é compatível com todos os dispositivos Android de versão igual ou superior a 4.3, que possuam Bluetooth. Para instalação e utilização, o smartphone ou tablet deve ter pelo menos 20 MB de espaço livre disponível.

Através de um smartphone ou tablet com sistema operacional Android:

  1. Acesse a Play Store;
  2. Busque por “dynapredict” e instale o aplicativo.

OU

 

Através de um computador:

  1. Abra o navegador de sua preferência;
  2. Acesse o link*:  https://play.google.com/store/apps/details?id=solutions.dynamox.predict

*Obs: você deve estar logado em sua conta do Google e ela deve ser a mesma cadastrada na Play Store de seu aparelho Android.

Basta acessar o link https://dyp.dynamox.solutions e fazer login no sistema com as suas credenciais. Caso ainda não possua credenciais, entre em contato conosco.

Ver imagem a seguir:

 

 

Os eixos X, Y e Z do data logger serão sempre os mesmos, o que varia é o posicionamento dado ao data logger na máquina.

Com base nos eixos X, Y e Z da imagem acima, o usuário deve configurar (no aplicativo) o posicionamento real dado ao data logger.

 

Exemplo:

 

Nesse exemplo do motor acima, os eixos seriam configurados da seguinte maneira:

X: axial (sentido do eixo)
Y: horizontal
Z: vertical

Cadastroㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤ∨ (1)

Entre em contato conosco via e-mail (support@dynamox.net) ou via telefone (+55 48 3024 – 5858) e nós lhe forneceremos os dados de acesso.

Iniciando Operaçõesㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ∨ (5)

Para configurar o data logger e coletar as medidas obtidas por ele, você deve fazer download do aplicativo “DynaPredict” via Google Play Store no seu smartphone ou tablet.

 

Para acessar o histórico de medições coletadas pelo data logger, você deve acessar a página web https://dyp.dynamox.solutions/, não sendo necessário download de nenhum tipo de software.

No aplicativo o usuário poderá cadastrar novas máquinas, atribuir novos data loggers a essas máquinas (pontos de monitoramento), realizar leituras instantâneas de temperatura e velocidade (snapshots), obter análise espectral e gráficos da coleta atual dos dados.

 

Já através da plataforma web será possível acessar histórico de dados de todas as medições já sincronizadas, com gráficos de aceleração, velocidade RMS e temperatura e diversas opções de exibição desses gráficos. Há ainda o DMA, módulo de ajuda à tomada de decisão, que estima quais máquinas estão operando em estado mais crítico.

O aplicativo é compatível com todos os dispositivos Android de versão igual ou superior a 4.3, que possuam Bluetooth. Para instalação e utilização, o smartphone ou tablet deve ter pelo menos 20 MB de espaço livre disponível.

Através de um smartphone ou tablet com sistema operacional Android:

  1. Acesse a Play Store;
  2. Busque por “dynapredict” e instale o aplicativo.

OU

 

Através de um computador:

  1. Abra o navegador de sua preferência;
  2. Acesse o link*:  https://play.google.com/store/apps/details?id=solutions.dynamox.predict

*Obs: você deve estar logado em sua conta do Google e ela deve ser a mesma cadastrada na Play Store de seu aparelho Android.

Basta acessar o link https://dyp.dynamox.solutions e fazer login no sistema com as suas credenciais. Caso ainda não possua credenciais, entre em contato conosco.

Posicionamento e Fixação do Data loggerㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ∨ (3)

As medidas devem ser tomadas em partes expostas da máquina e deve-se evitar a instalação em regiões da fuselagem que apresentam ressonância localizada. Além disso, deve-se posicionar o dispositivo em uma parte fixa, ou seja, não rotativa. Recomenda-se o posicionamento sobre a carcaça de mancais, sobre caixa de engrenagens e nas extremidades de eixos.

 

Visto que o data logger realiza leituras em três eixos ortogonais entre si, ele pode ser instalado em qualquer direção angular. Entretanto, recomenda-se que um de seus eixos (X, Y, Z) esteja alinhado com a direção do eixo da máquina.

 

Tenha em conta que posicionamentos diferentes geram diferentes medidas. Portanto, caso busque repetição de medidas (indicado para que haja consistência e análise eficaz), posicione o data logger sempre no mesmo lugar.

O data logger pode ser parafusado ou colado. Juntamente com os dispositivos, são enviados parafusos de aço-inox M6, 45 mm.

Recomenda-se fixar e deixar os data loggers sempre na mesma posição, para efeitos de comparação e padrão de medidas, pois diferentes posições resultam em distintas medidas.

Ver imagem a seguir:

 

 

Os eixos X, Y e Z do data logger serão sempre os mesmos, o que varia é o posicionamento dado ao data logger na máquina.

Com base nos eixos X, Y e Z da imagem acima, o usuário deve configurar (no aplicativo) o posicionamento real dado ao data logger.

 

Exemplo:

 

Nesse exemplo do motor acima, os eixos seriam configurados da seguinte maneira:

X: axial (sentido do eixo)
Y: horizontal
Z: vertical

Operação (6)

Essa operação é realizada via aplicativo Android.

 

  1. Efetue login no aplicativo. Uma tela com as máquinas já cadastradas ou a mensagem “NO MACHINES ADDED” será exibida.
  2. Clique no ícone de “+”  localizado no canto direito inferior desta tela.
  3. Preencha as informações da nova máquina.

O vídeo a seguir ilustra a operação de cadastro de novas máquinas: https://youtu.be/f2CPf4RUnrs

Ao criar uma nova máquina via aplicativo, uma tela de cadastro será aberta, requisitando “Nome”, Detalhes”, “Unidade” e “Localização”.

 

Para cadastrar uma foto, basta clicar no ícone de câmera ao lado do campo “Nome”. Você pode tirar uma foto ou carregar da memória do seu telefone/tablet.

Também é possível subir uma foto na tela principal do aplicativo, ao lado do nome de cada máquina já cadastrada, através do ícone de câmera.

 

Para preencher a localização, basta digitar o endereço ou localizar manualmente no mapa pressionando o ícone de localização.

Após já haver cadastrado uma máquina, siga o passo-a-passo:

 

  1. Acesse a máquina desejada;
  2. Selecione o símbolo de “+” localizado no canto inferior direito da tela;
  3. Preencha os dados requisitados do data logger:
    • Label: Nome/identificação do ponto de monitoramento;
    • Dynalogger: seleção do data logger desejado;
    • Sample interval:  intervalo de amostras desejado para o spot, ou seja, a cada quanto tempo o data logger irá coletar medidas do componente no qual está instalado;
    • Monitoring Location:  tipo de componente no qual o data logger está fixado. São 4 opções: Bearing Housing, ou seja, mancal de rolamento, Gearbox, caixa de engrenagens ou ainda Shaft, correspondente a eixo. Caso o componente não se encaixe em nenhuma das classificações, selecione Other, para outros;
    • RPM: rotações por minuto do componente giratório próximo do data logger;
    • Range: faixa dinâmica de aceleração/velocidade RMS desejada;
    • A1 and A2 Limits: limites para os quais um alerta em LED será emitido. O usuário deve escolher entre definir os limites para a temperatura ou para velocidade RMS. Quando dentro dos limites definidos, o data logger emite uma luz em LED verde a cada 5 segundos. Quando A1 é transgredido, a cor verde é substituída por vermelho. Já quando o limite A2 é ultrapassado, o data logger emite alerta vermelho duas vezes seguidas, ou seja, um LED vermelho pisca duplamente a cada 5 segundos.
    • Axis: orientação de posicionamento do data logger. Ao clicar no ponto de interrogação, será exibida uma imagem com as orientações dos eixos X, Y e Z do data logger. Após visualizá-la,
      selecione o posicionamento real dado ao data logger para cada um dos três eixos. São cinco opções: axial, horizontal, radial, tangencial e vertical.
  4. Confira todas as informações e selecione “SAVE”.

Essa operação é realizada no momento de cadastro de um data logger em uma máquina.

 

  1. No aplicativo, selecione a máquina na qual você quer cadastrar o data logger.
  2. Selecione o símbolo de “+” no canto inferior da tela. Será exibida um formulário de cadastro do data logger.
  3. Na parte inferior da tela, habilite a opção de Alerta (quadradro).
  4. Escolha entre definir limites A1 e A2 para velocidade ou temperatura.
  5. Defina os valores de A1 e A2 através da barra deslizante.

Caso o valor configurado para ‘A1’ seja excedido, o data logger passa a piscar uma vez o LED vermelho a cada 5 segundos. Caso os valores excedam a quantidade configurada para ‘A2’, o data logger piscará 2 vezes o LED vermelho a cada 5 segundos. Nos casos em que nenhum dos limites de alarme seja excedido o data logger pisca uma vez o LED verde a cada 5 segundos.

No momento de cadastro de um data logger em uma máquina já criada, será exibida a tela de configuração deste dispositivo.

 

Um dos campos requisitados é o de Sample Interval, ou seja, intervalo de amostra. Alterando esse valor, você altera a cada quanto tempo o data logger deve obter medidas da máquina na qual está fixado.

 

Você pode editar esse valor em data loggers já cadastrados a qualquer momento em “Editar Spot”, opção disponível no ícone de 3 pontos ao lado do nome de cada Spot, ou seja, do ponto de monitoramento no qual o data logger está cadastrado.

 

  1. Selecione a máquina na qual o data logger que você quer excluir está cadastrado;
  2.  Encontre o dispositivo que você quer remover e pressione o ícone de três pontos localizado ao lado do nome;
  3. Selecione umas das opções: Editar Spot* ou Deletar Spot**.

* Editar Spot: essa operação possibilita a troca do data logger. Em “Dynalogger” pode-se fazer a troca por outro data logger.

 

** Delete Spot: essa opção apaga o ponto de monitoramento por completo.

Cadastrando novas máquinasㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ ㅤ⠀ㅤ ㅤㅤㅤㅤㅤㅤ∨ (2)

Essa operação é realizada via aplicativo Android.

 

  1. Efetue login no aplicativo. Uma tela com as máquinas já cadastradas ou a mensagem “NO MACHINES ADDED” será exibida.
  2. Clique no ícone de “+”  localizado no canto direito inferior desta tela.
  3. Preencha as informações da nova máquina.

O vídeo a seguir ilustra a operação de cadastro de novas máquinas: https://youtu.be/f2CPf4RUnrs

Ao criar uma nova máquina via aplicativo, uma tela de cadastro será aberta, requisitando “Nome”, Detalhes”, “Unidade” e “Localização”.

 

Para cadastrar uma foto, basta clicar no ícone de câmera ao lado do campo “Nome”. Você pode tirar uma foto ou carregar da memória do seu telefone/tablet.

Também é possível subir uma foto na tela principal do aplicativo, ao lado do nome de cada máquina já cadastrada, através do ícone de câmera.

 

Para preencher a localização, basta digitar o endereço ou localizar manualmente no mapa pressionando o ícone de localização.

Adicionando data loggers a uma máquinaㅤㅤㅤㅤ ㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤ⠀ ㅤ∨ (4)

Após já haver cadastrado uma máquina, siga o passo-a-passo:

 

  1. Acesse a máquina desejada;
  2. Selecione o símbolo de “+” localizado no canto inferior direito da tela;
  3. Preencha os dados requisitados do data logger:
    • Label: Nome/identificação do ponto de monitoramento;
    • Dynalogger: seleção do data logger desejado;
    • Sample interval:  intervalo de amostras desejado para o spot, ou seja, a cada quanto tempo o data logger irá coletar medidas do componente no qual está instalado;
    • Monitoring Location:  tipo de componente no qual o data logger está fixado. São 4 opções: Bearing Housing, ou seja, mancal de rolamento, Gearbox, caixa de engrenagens ou ainda Shaft, correspondente a eixo. Caso o componente não se encaixe em nenhuma das classificações, selecione Other, para outros;
    • RPM: rotações por minuto do componente giratório próximo do data logger;
    • Range: faixa dinâmica de aceleração/velocidade RMS desejada;
    • A1 and A2 Limits: limites para os quais um alerta em LED será emitido. O usuário deve escolher entre definir os limites para a temperatura ou para velocidade RMS. Quando dentro dos limites definidos, o data logger emite uma luz em LED verde a cada 5 segundos. Quando A1 é transgredido, a cor verde é substituída por vermelho. Já quando o limite A2 é ultrapassado, o data logger emite alerta vermelho duas vezes seguidas, ou seja, um LED vermelho pisca duplamente a cada 5 segundos.
    • Axis: orientação de posicionamento do data logger. Ao clicar no ponto de interrogação, será exibida uma imagem com as orientações dos eixos X, Y e Z do data logger. Após visualizá-la,
      selecione o posicionamento real dado ao data logger para cada um dos três eixos. São cinco opções: axial, horizontal, radial, tangencial e vertical.
  4. Confira todas as informações e selecione “SAVE”.

Essa operação é realizada no momento de cadastro de um data logger em uma máquina.

 

  1. No aplicativo, selecione a máquina na qual você quer cadastrar o data logger.
  2. Selecione o símbolo de “+” no canto inferior da tela. Será exibida um formulário de cadastro do data logger.
  3. Na parte inferior da tela, habilite a opção de Alerta (quadradro).
  4. Escolha entre definir limites A1 e A2 para velocidade ou temperatura.
  5. Defina os valores de A1 e A2 através da barra deslizante.

Caso o valor configurado para ‘A1’ seja excedido, o data logger passa a piscar uma vez o LED vermelho a cada 5 segundos. Caso os valores excedam a quantidade configurada para ‘A2’, o data logger piscará 2 vezes o LED vermelho a cada 5 segundos. Nos casos em que nenhum dos limites de alarme seja excedido o data logger pisca uma vez o LED verde a cada 5 segundos.

No momento de cadastro de um data logger em uma máquina já criada, será exibida a tela de configuração deste dispositivo.

 

Um dos campos requisitados é o de Sample Interval, ou seja, intervalo de amostra. Alterando esse valor, você altera a cada quanto tempo o data logger deve obter medidas da máquina na qual está fixado.

 

Você pode editar esse valor em data loggers já cadastrados a qualquer momento em “Editar Spot”, opção disponível no ícone de 3 pontos ao lado do nome de cada Spot, ou seja, do ponto de monitoramento no qual o data logger está cadastrado.

 

  1. Selecione a máquina na qual o data logger que você quer excluir está cadastrado;
  2.  Encontre o dispositivo que você quer remover e pressione o ícone de três pontos localizado ao lado do nome;
  3. Selecione umas das opções: Editar Spot* ou Deletar Spot**.

* Editar Spot: essa operação possibilita a troca do data logger. Em “Dynalogger” pode-se fazer a troca por outro data logger.

 

** Delete Spot: essa opção apaga o ponto de monitoramento por completo.

Funcionalidadesㅤㅤㅤㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ∨ (6)

  1. Faça login no aplicativo;
  2. Escolha a máquina na qual está operando o data logger cuja temperatura e/ou velocidade RMS você deseja consultar;
  3. Selecione o data logger desejado.

Uma tela de snapshot do dispositivo, com as informações instantâneas de temperatura e velocidade RMS nos três eixos, será mostrada.

  1. Acesse o aplicativo;
  2. Na lista de máquinas, acesse a máquina onde o data logger, cuja análise espectral você quer obter, está cadastrado. Lembre de estar dentro do alcance Bluetooth (aprox. 60m em campo aberto)
  3. Na lista de data loggers da máquina escolhida, selecione o desejado. O aplicativo se conectará com o data logger.
  4. Selecione a aba “Spectral Analysis”.
  5. Selecione o “símbolo de eixos” presente ao lado do nome da máquina/data logger, e escolha o eixo desejado ou a opção “All Axes”, para mostrar os 3 eixos ao mesmo tempo.

Primeiramente são apresentados os valores de aceleração, mas você pode alterar para Velocidade RMS.

 

 

Após sincronizar os dados do aplicativo para a plataforma web, aplicação realizada automaticamente a cada 2 minutos ou manualmente através do menu lateral do aplicativo, faça as seguintes operações:

  1. Acesse a plataforma web: https://dyp.dynamox.solutions.
  2. No menu lateral, acesse a opção “DMA” e selecione o spot desejado.

A página aberta apresentará os gráficos de monitoramento contínuo de velocidade RMS e temperatura. Você também pode consultar as análises espectrais realizadas, basta rolar para o final da página e consultar as espectrais já realizadas. Lembre de verificar o período de tempo escolhido, pois só serão mostradas as espectrais realizadas dentro desse intervalo de tempo.

Sim, sempre que os limites de velocidade ou temperatura definidos forem violados, um alerta será emitido pelo data logger através de um LED vermelho.

O usuário define dois limites, A1 e A2, sendo A2 o mais crítico.

 

Caso o valor configurado para ‘A1’ seja excedido, o data logger passa a piscar uma vez o LED vermelho a cada 5 segundos. Caso os valores excedam a quantidade configurada para ‘A2’, o data logger piscará 2 vezes o LED vermelho a cada 5 segundos. Nos casos em que nenhum dos limites de alarme seja excedido o data logger pisca uma vez o LED verde a cada 5 segundos.

Caso você queira visualizar apenas os dados desde a última coleta, você pode acessar a aba de LOGS através do aplicativo.

 

  1. Faça login no aplicativo.
  2. Selecione a máquina no qual o data logger desejado está cadastrado.
  3. Selecione o data logger desejado. Será exibida a tela Snapshot, com valores instantâneos de temperatura e velocidade RMS.
  4. Selecione a aba de “LOGS” disposta ao lado da aba Snapshot.

O primeiro gráfico exibido será o de temperatura, você pode alterar para velocidade RMS através do ícone de filtro no canto superior direito.

 

Já o histórico completo fica disponível na Plataforma Web (https://dyp.dynamox.solutions)

 

 

No aplicativo, após haver coletado os dados, acesse o menu lateral da tela inicial e selecione a opção “Synchronize”. Com isso, os dados de medições e análise espectral (se houver) do data logger serão enviados à web.

 

Obs: é necessário conexão à internet para efetuar a sincronização. Além disso, havendo conexão com a internet, esse processo é realizado de forma automática a cada 2 minutos.

Especificações Técnicas (15)

Os data loggers possuem bateria de lítio de 3.0 V.

Depende do uso, ou seja, dos intervalos de amostras dos equipamentos monitorados, número de análises espectrais obtidas e a quantidade de amostras assíncronas geradas. Em condições de uso normais, se estima duração de 3 anos.

Por questões de segurança dos dados e impermeabilidade, o case dos dispositivos é inviolável, não sendo assim possível a troca da bateria. Entretanto, a longa vida útil da bateria garante sua usabilidade por um longo período de tempo.

A situação de carga da bateria é mostrada na tela de leitura instantânea (snapshot) de cada dispositivo DynaPredict.

  1. Faça login no aplicativo.
  2. Escolha a máquina onde o data logger está cadastrado.
  3. Selecione o data logger desejado.

A tela seguinte apresentará o snapshot do dispositivo e a informação sobre a bateria estará disposta no canto superior esquerdo da tela.

Os dispositivos DynaPredict possuem 20 MB de memória interna. Em relação ao número de amostras que o data logger pode armazenar internamente, tem-se 8.192 amostras possíveis.

 

Por padrão, quando o aplicativo coletada os dados do data logger, a memória interna dos dispositivo é esvaziada, deixando-o assim disponível para armazenar dados futuros. Você pode alterar essa limpeza automática em “Settings” -> “Download/Clean Dynalogger routine”. Dessa forma, ao coletar os dados, o aplicativo perguntará se você deseja limpar a memória do data logger.

O data logger possui uma memória interna que armazena os dados coletados da máquina.

 

A fim de avisar o usuário sobre o status dessa memória, existe o Estimated Storage Capacity (ESC), ou seja, a capacidade estimada de armazenamento
restante do data logger. Ele está disponível na Plataforma Web, na aba de DMA, coluna ESC.

 

Essa estimativa depende do intervalo de amostra, ou seja, com que frequência o data logger coleta e armazena dados, e pode ser consultada ao passar o ponteiro do
mouse sobre o quadrado do spot desejado. São 4 códigos de cores:

 

  • Verde: mais de 40% de memória livre;
  • Amarelo: entre 20% e 40% de memória livre;
  • Vermelho: menos de 20% de memória livre;
  • Cinza: memória cheia. Quando a memória atinge esse status, o data logger para de coletar dados. Os dados já coletados não são afetados.

Por padrão, quando o aplicativo coletada os dados do data logger, a memória interna dos dispositivo é esvaziada, deixando-o assim disponível para armazenar dados futuros. Você pode alterar essa limpeza automática em “Settings” -> “Download/Clean Dynalogger routine”. Dessa forma, ao coletar os dados, o aplicativo perguntará se você deseja limpar a memória do data logger.

Sim, porém apenas os dados da memória interna do data logger, ou seja, que ainda não haviam sido coletados com o aplicativo.

 

Os dados já sincronizados com a plataforma web não são afetados.

Dimensões: 33 mm x 33 mm x 35 mm. Peso: 56 g

O dispositivo é IP68, ou seja, possui proteção contra longos períodos de imersão em água.

O data logger pode ser exposto a qualquer temperatura entre -40 °C até 84 °C.

 

Entretanto, a exposição contínua a temperaturas extremas pode reduzir a vida útil da bateria.

Em campo aberto, o dispositivo alcança ao menos 60m.

Você pode selecionar qualquer valor entre 1m e 60h.

O data logger coletará dados da máquina a cada intervalo de amostra selecionado.

5Hz – 1kHz

A configuração, coleta de dados e qualquer interação com o data logger ocorre via Bluetooth e se dá através de um aplicativo para smartphones com sistema operacional Android.

 

Essa é uma das principais vantagens do sistema, pois não é necessário conexão com a internet. Ela somente será necessária no momento de envio dos dados para a nuvem/plataforma web.

Memóriaㅤㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ∨ (4)

Os dispositivos DynaPredict possuem 20 MB de memória interna. Em relação ao número de amostras que o data logger pode armazenar internamente, tem-se 8.192 amostras possíveis.

 

Por padrão, quando o aplicativo coletada os dados do data logger, a memória interna dos dispositivo é esvaziada, deixando-o assim disponível para armazenar dados futuros. Você pode alterar essa limpeza automática em “Settings” -> “Download/Clean Dynalogger routine”. Dessa forma, ao coletar os dados, o aplicativo perguntará se você deseja limpar a memória do data logger.

O data logger possui uma memória interna que armazena os dados coletados da máquina.

 

A fim de avisar o usuário sobre o status dessa memória, existe o Estimated Storage Capacity (ESC), ou seja, a capacidade estimada de armazenamento
restante do data logger. Ele está disponível na Plataforma Web, na aba de DMA, coluna ESC.

 

Essa estimativa depende do intervalo de amostra, ou seja, com que frequência o data logger coleta e armazena dados, e pode ser consultada ao passar o ponteiro do
mouse sobre o quadrado do spot desejado. São 4 códigos de cores:

 

  • Verde: mais de 40% de memória livre;
  • Amarelo: entre 20% e 40% de memória livre;
  • Vermelho: menos de 20% de memória livre;
  • Cinza: memória cheia. Quando a memória atinge esse status, o data logger para de coletar dados. Os dados já coletados não são afetados.

Por padrão, quando o aplicativo coletada os dados do data logger, a memória interna dos dispositivo é esvaziada, deixando-o assim disponível para armazenar dados futuros. Você pode alterar essa limpeza automática em “Settings” -> “Download/Clean Dynalogger routine”. Dessa forma, ao coletar os dados, o aplicativo perguntará se você deseja limpar a memória do data logger.

Sim, porém apenas os dados da memória interna do data logger, ou seja, que ainda não haviam sido coletados com o aplicativo.

 

Os dados já sincronizados com a plataforma web não são afetados.

Desempenhoㅤㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ∨ (4)

Em campo aberto, o dispositivo alcança ao menos 60m.

Você pode selecionar qualquer valor entre 1m e 60h.

O data logger coletará dados da máquina a cada intervalo de amostra selecionado.

5Hz – 1kHz

A configuração, coleta de dados e qualquer interação com o data logger ocorre via Bluetooth e se dá através de um aplicativo para smartphones com sistema operacional Android.

 

Essa é uma das principais vantagens do sistema, pois não é necessário conexão com a internet. Ela somente será necessária no momento de envio dos dados para a nuvem/plataforma web.

Características Físicasㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ⠀⠀ㅤ∨ (3)

Dimensões: 33 mm x 33 mm x 35 mm. Peso: 56 g

O dispositivo é IP68, ou seja, possui proteção contra longos períodos de imersão em água.

O data logger pode ser exposto a qualquer temperatura entre -40 °C até 84 °C.

 

Entretanto, a exposição contínua a temperaturas extremas pode reduzir a vida útil da bateria.

Bateriaㅤㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ⠀ㅤ ㅤㅤㅤ ㅤ ⠀ㅤ ㅤ ㅤㅤㅤ ㅤ⠀ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ∨ (4)

Os data loggers possuem bateria de lítio de 3.0 V.

Depende do uso, ou seja, dos intervalos de amostras dos equipamentos monitorados, número de análises espectrais obtidas e a quantidade de amostras assíncronas geradas. Em condições de uso normais, se estima duração de 3 anos.

Por questões de segurança dos dados e impermeabilidade, o case dos dispositivos é inviolável, não sendo assim possível a troca da bateria. Entretanto, a longa vida útil da bateria garante sua usabilidade por um longo período de tempo.

A situação de carga da bateria é mostrada na tela de leitura instantânea (snapshot) de cada dispositivo DynaPredict.

  1. Faça login no aplicativo.
  2. Escolha a máquina onde o data logger está cadastrado.
  3. Selecione o data logger desejado.

A tela seguinte apresentará o snapshot do dispositivo e a informação sobre a bateria estará disposta no canto superior esquerdo da tela.

Erros (11)

Primeiro verifique a conexão com a internet do seu dispositivo. Um teste simples, pode ser acessar um site web no navegador de sua preferência. Caso haja conexão, verifique os dados inseridos (e-mail e senha) na tela de login.

 

Por último, se há certeza que os dados de acesso digitados estão corretos, se recomenda questionar ao responsável da sua organização que forneceu estes dados. Persistindo o problema, entre em contato diretamente conosco.

Através do aplicativo, no menu lateral da tela inicial, tente efetuar sincronização. É importante ressaltar que é necessária conexão com internet, portanto, verifique se sua conexão está ativa e funcionando.

Deve-se realizar no mínimo três tentativas de conexão com o spot para diagnosticar falha de conexão.

  1. Cheque se o Bluetooth de seu smartphone está ativo.
  2. Caso esteja distante do data logger, tente aproximar-se e fazer uma nova tentativa de conexão.
  3. Verifique se você possui a versão atualizada do aplicativo. Para isso, basta buscar por “Dynapredict” na Play Store de seu smartphone e, se necessário, fazer atualização.
  4. Se ainda persistir o problema, é recomendado reiniciar o smartphone/tablet e tentar novamente.

É possível que o usuário utilizado não seja o desejado. Para trocar, deve-se efetuar logout com a opção no menu lateral na tela inicial.

Outro possível motivo é que outra pessoa com o mesmo usuário tenha criado novas máquinas.

Caso a tela inicial de máquinas esteja em branco/vazia, faça o seguinte:

  1. Cheque o filtro do canto superior direito da tela. Caso um dos filtros selecionados (critical ou active) estiver selecionado e nenhuma máquina estiver no estado selecionado, não será exibida nenhuma máquina na lista. Para reverter, basta pressionar o filtro e selecionar a opção ‘All’.
  2. Certifique-se que alguma máquina já foi registrada em seu usuário. Pode ser que nenhuma máquina tenha sido cadastrada até o momento.

Caso você, através do aplicativo, acesse a aba de Logs e os gráficos estejam sem dados, verifique o intervalo de amostra escolhido para o data logger. Se, por exemplo, você escolher um intervalo de 10 minutos, os dados só estarão disponíveis a partir de 10 minutos decorridos desde a inicialização da coleta. Qualquer consulta ao gráfico antes desse tempo, não retornará valores.

 

Lembrando que os gráficos dessa aba retornam valores desde a última coleta de dados (conexão do aplicativo com o data logger) até o momento atual.

  1. Verifique o Bluetooth de seu smartphone está ativo. Caso esteja, tente voltar e pressionar o botão de “+” novamente para adicionar o data logger.
  2. Se continuar sem conseguir visualizar o data logger desejado, tente se aproximar do dispositivo. Pode ser que esteja ocorrendo algum tipo de interferência*.

*É recomendado desligar o Wi-Fi do aparelho.

Verifique suas credencias de login do aplicativo e da plataforma web, ambas devem ser iguais, ou seja, pertencentes ao mesmo usuário.

  1. Antes de tudo, certifique-se de haver coletado os dados do data logger com o aplicativo para smartphone. Após, efetue sincronização (menu lateral do aplicativo) através de conexão com a internet. Aguarde alguns minutos, essa operação pode levar algum tempo.
  2. Verifique o período de tempo escolhido para o gráfico. Se o intervalo for muito grande, o usuário pode não ver as medidas.
  3. Verifique se o gráfico desejado está selecionado na aba de opções logo acima do gráfico.

 

Verifique se a opção “Anotações”, localizada acima do gráfico, no ícone de 3 pontos (ao lado do ícone de zoom), está selecionada (✓).

Se a aba de análise espectral está vazia ou não está mostrando o data logger/spot que você está buscando, tente efetuar nova sincronização através do aplicativo (menu lateral da tela inicial).

 

Outro motivo pode ser que você não tenha requisitado uma análise espectral. Essa operação é feita apenas sob demanda e através do aplicativo. Basta selecionar o spot/data logger desejado e acessar a aba de “Spectral Analysis”. Feito isso, basta sincronizar e ela estará disponível na plataforma web.

Webㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ∨ (5)

Através do aplicativo, no menu lateral da tela inicial, tente efetuar sincronização. É importante ressaltar que é necessária conexão com internet, portanto, verifique se sua conexão está ativa e funcionando.

Verifique suas credencias de login do aplicativo e da plataforma web, ambas devem ser iguais, ou seja, pertencentes ao mesmo usuário.

  1. Antes de tudo, certifique-se de haver coletado os dados do data logger com o aplicativo para smartphone. Após, efetue sincronização (menu lateral do aplicativo) através de conexão com a internet. Aguarde alguns minutos, essa operação pode levar algum tempo.
  2. Verifique o período de tempo escolhido para o gráfico. Se o intervalo for muito grande, o usuário pode não ver as medidas.
  3. Verifique se o gráfico desejado está selecionado na aba de opções logo acima do gráfico.

 

Verifique se a opção “Anotações”, localizada acima do gráfico, no ícone de 3 pontos (ao lado do ícone de zoom), está selecionada (✓).

Se a aba de análise espectral está vazia ou não está mostrando o data logger/spot que você está buscando, tente efetuar nova sincronização através do aplicativo (menu lateral da tela inicial).

 

Outro motivo pode ser que você não tenha requisitado uma análise espectral. Essa operação é feita apenas sob demanda e através do aplicativo. Basta selecionar o spot/data logger desejado e acessar a aba de “Spectral Analysis”. Feito isso, basta sincronizar e ela estará disponível na plataforma web.

Aplicativo ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤ∨ (6)

Primeiro verifique a conexão com a internet do seu dispositivo. Um teste simples, pode ser acessar um site web no navegador de sua preferência. Caso haja conexão, verifique os dados inseridos (e-mail e senha) na tela de login.

 

Por último, se há certeza que os dados de acesso digitados estão corretos, se recomenda questionar ao responsável da sua organização que forneceu estes dados. Persistindo o problema, entre em contato diretamente conosco.

Deve-se realizar no mínimo três tentativas de conexão com o spot para diagnosticar falha de conexão.

  1. Cheque se o Bluetooth de seu smartphone está ativo.
  2. Caso esteja distante do data logger, tente aproximar-se e fazer uma nova tentativa de conexão.
  3. Verifique se você possui a versão atualizada do aplicativo. Para isso, basta buscar por “Dynapredict” na Play Store de seu smartphone e, se necessário, fazer atualização.
  4. Se ainda persistir o problema, é recomendado reiniciar o smartphone/tablet e tentar novamente.

É possível que o usuário utilizado não seja o desejado. Para trocar, deve-se efetuar logout com a opção no menu lateral na tela inicial.

Outro possível motivo é que outra pessoa com o mesmo usuário tenha criado novas máquinas.

Caso a tela inicial de máquinas esteja em branco/vazia, faça o seguinte:

  1. Cheque o filtro do canto superior direito da tela. Caso um dos filtros selecionados (critical ou active) estiver selecionado e nenhuma máquina estiver no estado selecionado, não será exibida nenhuma máquina na lista. Para reverter, basta pressionar o filtro e selecionar a opção ‘All’.
  2. Certifique-se que alguma máquina já foi registrada em seu usuário. Pode ser que nenhuma máquina tenha sido cadastrada até o momento.

Caso você, através do aplicativo, acesse a aba de Logs e os gráficos estejam sem dados, verifique o intervalo de amostra escolhido para o data logger. Se, por exemplo, você escolher um intervalo de 10 minutos, os dados só estarão disponíveis a partir de 10 minutos decorridos desde a inicialização da coleta. Qualquer consulta ao gráfico antes desse tempo, não retornará valores.

 

Lembrando que os gráficos dessa aba retornam valores desde a última coleta de dados (conexão do aplicativo com o data logger) até o momento atual.

  1. Verifique o Bluetooth de seu smartphone está ativo. Caso esteja, tente voltar e pressionar o botão de “+” novamente para adicionar o data logger.
  2. Se continuar sem conseguir visualizar o data logger desejado, tente se aproximar do dispositivo. Pode ser que esteja ocorrendo algum tipo de interferência*.

*É recomendado desligar o Wi-Fi do aparelho.

Perguntas Frequentesㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤ∨ (8)

É indicado que você possua sempre a versão atualizada do aplicativo. Para realizar essa operação, basta acessar a Google Play Store de seu dispositivo Android e fazer download da versão mais atual.

 

Já a plataforma web é atualizada automaticamente, não sendo necessária nenhuma ação.

A remoção do aplicativo pode ser realizada através do desinstalador de aplicações padrão do dispositivo Android. É importante destacar que a desinstalação do aplicativo apaga os dados que ainda não foram sincronizados com o sistema web.

 

Já para limpar os dados do aplicativo, você pode fazer isso via configurações do seu próprio smartphone ou seguindo a sequência de operações abaixo:

 

  1. Selecione o menu lateral da tela inicial de máquinas do aplicativo;
  2. Selecione a opção ‘Settings’;
  3. Escolha ‘Wipe application data’ e pressione ‘OK’.

Tenha em conta que os dados ainda não sincronizados com a plataforma web serão perdidos.

 

 

São data loggers autônomos e oferecerem a possibilidade de operar totalmente off-line, armazenando os dados coletados da máquina em sua memória interna. Para configurar e coletar dados do data logger é necessário apenas conexão Bluetooth do smartphone.

 

A conexão com internet é necessária somente para realizar sincronização, ou seja, enviar os dados coletados do aplicativo para a nuvem/plataforma web.

Para obter orçamento basta entrar em contato por e-mail (support@dynamox.net) ou via telefone (48) 3024-5858. (8h – 18h)

O aplicativo coleta os dados armazenados na memória interna do data logger via conexão Bluetooth.

Não. O data logger deve ser fixado na máquina a ser monitorada e configurado para obter medidas dessa máquina em específico.  Além disso, muitas máquinas podem necessitar que mais de um ponto seja monitorado, de acordo com a necessidade e grau de monitoramento desejado pela sua empresa.

Esta questão é muito relativa. Depende do tamanho e complexidade da máquina, além do grau de monitoramento que você deseja empregar. Normalmente a pessoa responsável por manutenção, ou algum colaborador que conheça bem a máquina, sabe quais pontos são mais críticos e requerem monitoramento.

Não. Ao adquirir o produto, você recebe acesso à plataforma web e ao aplicativo, sem mensalidade alguma.

Garantiaㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ⠀⠀ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤ∨ (2)

Sim, pelo período de 1 ano.

Entre em contato com a Dynamox por e-mail ou telefone. Tenha em mãos o número de série do data logger (disponível em sua etiqueta).